segunda-feira, novembro 05, 2007

Rui de Morais (3)


sem malas sem bilhete
a minha bagagem
sou eu
eu sou
a passagem
parto cada dia mais cedo
para Shangri-La
vício de sentir o ar
de olhar o verde
de mergulhar no mar
das sensações
não usuais
chego cada vez mais tarde
de Shangri-La
e um dia destes
deixo de dormir
em casa

em Shangri-La as aves cantam toda a noite

Rui de Morais, in Caminhante, inédito, 2007.

Sem comentários: