segunda-feira, dezembro 03, 2007

Apenas o ouro de uma palavra


Apenas te digo o ouro de uma palavra no meio da névoa,
formosura inclinada sobre a descerrada cinza
e o frio dos retratos.
(...)

Herberto Helder, in "Fonte", Poesia Toda, Assírio e Alvim, 1981
Foto: Isabel Solano

Sem comentários: