quarta-feira, dezembro 05, 2007

De entesouro

Hoje foi dia de atelier de escrita criativa com as minhas alunas no Centro Cultural de Belém. Sairam textos engraçados. Rui de Morais, Bárbara Pais e Luísa Veríssimo andam sempre comigo. A Luísa foi desta vez quem não resistiu. Só entende quem lá esteve connosco.


De uma borboleta triste
que voava
soltaram-se lágrimas
à minha passagem

uma lágrima
caiu na minha mão

dela fiz o ouro
que entesouro

Luísa Veríssimo, in A Ponta Mentos, inédito, 2007.
Foto: Isabel Solano

Sem comentários: