segunda-feira, dezembro 31, 2007

Intersecção sem razão e nada


cresce o espaço
da intersecção
na razão contrária
ao tempo

de todos os ângulos
se vê apenas:
dois pontos
parágrafo
- travessão

e aos costumes disse
nada

Rui de Morais, in Do Riso das Insónias, inédito, 2007
Foto: Isabel Solano

Sem comentários: