domingo, janeiro 27, 2008

Elas passam


Quando ela passa, serenamente bela,
é da frescura em tons discretos
de aguarela a imagem que retenho
no olhar com que a emolduro.

Mais um pequeno quadro,
que penduro nas paredes dos meus sonhos,
onde todas elas passam,
belas.

Rui de Morais, in Para Ler sem Lupa, inédito, 2008.
Foto: Isabel Solano

1 comentário:

Chiara Luna disse...

"Para ler sem lupa".
Beleza de título e de versos.
Vou lendo, vou lendo...
Obrigada pela partilha.