domingo, março 16, 2008

Feira do livro manuseado

A BI (Biblioteca de Editores Independentes, constituída pela Assírio &
Alvim, Relógio D'Água e Livros Cotovia) organizou, com o apoio da Abraço, mais uma feira de livros manuseados na Rua Garrett.
Só consegui ir hoje, último dia da feira; e vim satisfeita com o saco das compras. Por 37 euros:
  • da Relógio d'Água,
Fernando Pinto do Amaral, Às Cegas, uma edição de 1997(102 pp)
  • da Cotovia,
o vol. 3 de As Escadas não têm Degraus, de 1990 (321 pp de antologia muito variada: traduções de Homero, Beckett, Yeats, entre outros; e mais de duas dezenas de poetas portugueses, todos contemporâneos)
  • da Assírio & Alvim,
O Poeta Nu, de Jorge Sousa Braga, edição de 2007 (340 pp)
A Cal dos Muros, de António Dacosta, 1994 (109 p)
Antologia Poética, de Natércia Freire, 2001 (161 pp)
  • e ainda, da colecção Biblioteca Editores Independentes (livros de bolso),
o Manual de Prestidigitação de Mário Cesariny, de 2008 (161 pp)

Depois da feira, o inevitável e saboroso descanso na esplanada da Brasileira, a folhear as compras e ver o Chiado a passar. Os grandes prazeres fazem-se de coisas simples assim.

Sem comentários: