terça-feira, março 25, 2008

Acima de tudo não se perca a compostura!

cortem-se os pulsos
lave-se em sangue
o morno
da tarde calma
esconda-se o olhar
tape-se a alma
faça-se tudo
mas acima de tudo
nunca se perca a compostura
é preciso não mostrar
o desconcerto da loucura

2006

Rui de Morais,in Partida, inédito, 2006
Foto: Isabel Solano

Sem comentários: