domingo, março 23, 2008

Tudo o que me dizes


AOS MEUS POETAS

dizes-me das árvores e dos pássaros
toda a ciência das palavras
que mais ninguém descobriu

segredas-me o que ninguém viu
com a certeza da inevitabilidade
das dúvidas

fazes da incerteza
o espanto de viver

sofres o mundo

em ti
por mim
por todos os outros

nessa voz que me deslumbra
és de mim a voz muda
do grito que sinto
e que não sei dizer

20/03/2008

Bárbara Pais, in Não Sei Falar de Mim, inédito, 2008
Desenho de Ana Hatherly fotografado por Isabel Solano

Sem comentários: