domingo, março 15, 2009

Pela competitividade


Esses senhores e senhoras
que tão bem parecem saber
aquilo que ao povo convém,
que assinam leis, tratados,
debitam discursos inflamados
entre S. Bento e Belém,
agora amuam e ralham
porque não temos maneiras
- "Pobres, mal agradecidos!" -
se humildemente gememos
que a vida está uma canseira,
que já não há quem aguente.

Lá do alto, empertigados,
nos salões que nós pagamos,
dizem-nos que o nosso mal
é não sabermos competir
pelo progresso da nação;
que temos até muito mais
do que aquilo que merecemos.
E têm alguma razão.
Abra-se, pois, a grande competição:
nós dum lado, eles do outro,
veremos quem tem razão.

13/11/2007

Isabel Solano, in Outras cantigas, inédito, 2007.
Foto: Isabel Solano

1 comentário:

Chiara Luna disse...

Nossas Vozes, nossas vidas.
Não podemos desistir
Não cairemos em armadilhas
http://paulistadagema.blogspot.com/2009/03/nossa-vozes-nossas-vidas_15.html
Beijocas