quinta-feira, abril 09, 2009

Momento


HORÁRIO DO FIM

morre-se nada
quando chega a vez

é só um solavanco
na estrada por onde já não vamos

morre-se tudo
quando não é o justo momento

e não é nunca
esse momento

Mia Couto, in Raiz de orvalho, Caminho, 1999
Foto: Isabel Solano

3 comentários:

Chiara Luna disse...

e ponto final.

beijo de abril

num relance disse...

ou mais dois pontos
para reticências
...

:-)

Mafalda disse...

adoro as suas fotografias, são tão giras!